Gruta do Rei do Mato em Sete Lagoas, Minas Gerais

Foto da Gruta do Rei do Mato
Foto da Gruta do Rei do Mato

A Gruta do Rei do Mato é um destes lugares que nos faz pensar sobre a grandeza da natureza, que nos apequena nas suas infinitas formas e estilos. Esse local que é um dos pontos turísticos mais famosos de Minas Gerais, ou pelo menos deveria ser, localiza-se  na cidade de Sete Lagoas e apresenta diversos salões subterrâneos com estalactites e estalagmites de tirar o fôlego. Essas quando se encontram formam uma coluna.

Fotos da Gruta do Rei do Mato

O que é estalactite? O que é estalagmite?

Muitas pessoas confundem estactite e etalagmite, qual que “vem” do chão e qual que vem do teto. Contudo, é fácil se lembrar quando se pensa que “tite” lembra teto, daí se faz a diferenciação. Esses inícios de colunas que se formam a partir do solo se desenvolvem muito lentamente: apenas um centimetro cúbico a cada 30 mil anos. Todavia, apesar do longo tempo de formação destas magníficas estruturas da natureza, é muito rápido sufocar sua continuidade, é só encostar o dedo, pois o corpo humano solta uma gordura que mata os fungos no local tocado e impede que esses acumulem os sais minerais existentes na água para que se avolumem tornando-se maciços e parte da arquitetura da caverna.

De onde veio o nome Gruta do Rei do Mato?

Segundo a cultura oral da região de Sete Lagoas, conta-se que existia um homem que vivia nos arredores da famosa gruta, que mais tarde veio a ser oficialmente “descoberta”, daí se concluiu que aquela figura quase mítica, provavelmente, viveria na caverna. Por esse motivo, quando o estado oficializou a existência da gruta foi necessário, também, batizá-la e, portanto, escolheu-se o nome atual, que provavelmente já era um apelido sugerido pelos moradores dos arredores.