Viagem para os Estados Unidos. Pacote, Roteiro e Dicas de Passeio

Dicas de Vigem para os EUA
Dicas de Vigem para os EUA

Minha Experiência de Viagem para a Califórnia

Eu morei 13 meses nos Estados Unidos, no Vale do Silício, região conhecida pela quantidade de startups que abriga, foi uma experiência incível; melhorei meu inglês e aprendi bastante sobre tecnologia, bem como vivenciei experiências baseadas em outras culturas. Até hoje guardo, com carinho na memória, a lembranças de amigos dos mais variados países, como Palestina, Serra Leoa ou Coréia do Sul.

Dicas de Vigem para os EUA
Dicas de Vigem para os EUA

Como Viajar para os EUA? Com grana de blog

Fiz a viagem para os Estados Unidos com o dinheiro que ganhei com meu blog, 5 mil reais para escrever sobre nada. Na realidade, eu só pegava uns textos da Wikipedia e trocava as palavras-chave, técnica que me rendeu umas três mil visitas por dia. O investimento na passagem para os EUA foi de 1500 dólares, ida e volta, não tão cara. Todavia, a hospedagem nos EUA não foi muito barata, pois era no Vale do Silício, região conhecida pelos altos salários a empregados da área de tecnologia, o que acaba encarecendo, os alugueis.

Pacote de Viagem para os Estados Unidos? Pra quê?

Em termos de pacotes de viagem para os Estados Unidos, então, no meu caso, eu não utilizei, e, na verdade, não sei se recomendaria a alguém, porque, hoje em dia, é possível já saber muita coisa de atemão por conta própria, através da internet. Sugiro começar pesquisando no TripAdvisor, AirBNB e CraigsList sobre locais para ficar que atendam aos seus interesses. Caso for ficar mais tempo, estude um pouco o inglês no aplicativo Duolingo, eu fiz todas as questões disponíveis na época e não me arrependo, aprendi bastante desse jeito.

Apesar de eu não sugerir que se compre um pacote de viagem para os EUA às pressas, eu acho, sim, válido fazer uma pesquisa, pois, de repente, pode ser que você ache algo que valha a pena. Além disso, as vezes você é rico e não tá nem aí com pesquisa né!? Se for este o caso, manda ver!

Hostel na Califórnia e lugares onde morei

Durante o período em que desfrutei da viagem para os EUA, morei em 4 lugares. O primeiro, uma “república” em Palo Alto na qual eu pagava muito caro, creio que ficava uns 1.100 a 1.200 dólares por mês, por isso, fiquei apenas os dez dias iniciais combinados em palavra. Depois, me mudei para um hostel em Sunnyvale, no qual eu pagava 800 dólares mensais. Mais tarde, fui morar com uma amiga, que me alugou um quarto por 400 dólares. Daí, consegui um contrato, se bem me lembro, de $ 400, em Mountain View, cidade sede do Google. Mais tarde, me mudei para Trace, uma cidadezinha já longe do Vale do Silício, onde tomei um prejuízo de $ 2.400 dólares de um imaturo e covarde empresário, resultando num prejuízo financeiro que veio a me custar novos contratos, pois já no final da viagem para os EUA eu não conseguiria novos clientes, ainda mais “agarrado” em trace.

Roteiro de Viagem nos EUA

Quando morei nos EUA eu não tinha dinheiro para quase nada, apenas sobrevivia; fui para estudar e viver com o pouco que ganhava com os contratos por hora que consegui na área de tecnologia, já que eu não tive como tirar o visto de trabalho dos EUA. Atuei com o visto B1/B2, de turismo e negócios, que me possibilitava receber através da minha empresa registrada no Brasil, contudo não era toda oportunidade de trabalho que topava fazer isso. Dessa maneira, eu não tenho parques de diversões nos EUA e atrações muito caras para indicar por experiência própria, mas uma rápida pesquisa no Google já apresenta diversos resultados relacionados.

Dicas de Passeio nos Estados Unidos

O que recomendo, baseado no que fiz, que foi muito pautado em, no que se encaixaria, talvez, como turismo empresarial é:

  1. morar no vale do silício, onde tem parques de diversões, museus, eventos empresariais e algumas festas também. O Hostel do Vic é o local que recomendo, pois o dono é extremamente simpático e inteligente, podendo recomendar diversos empresários com quem conversar
  2. visitar os museus de São Francisco, coisa que também não tive verba para fazer 🙁
  3. visitar as praia de Santa Clara
  4. visitar Los Angeles e Las Vegas, cidades que, infelizmente, não pude conhecer, mas pretendo ir algum dia
  5. visitar Nova York. Porém, a Times Square é nada mais que um monte de luzes, já vá sabendo que não é nada do outro mundo